sexta-feira, 26 de março de 2010

10 maneiras de dizer "não sei" sem parecer burro

Assim evitamos parecer completamente ignorantes a respeito de determinado assunto, pessoa ou lugar, dizendo "não" de forma mais culta.

1. Desconheço o termo em questão.

2. Ignoro o paradeiro dessa pessoa em particular.

3. Não tenho uma resposta apropriada para isso.

4.
Poderia instruir no aspecto que acaba de mencionar?

5. Meus conhecimentos não abrangem essa determinada área.

6. Ignoro o fim ou meta de tal processo.

7. Não tive a vontade de conhecer esse lugar.

8. Este aspecto é totalmente alheio a minha pessoa.

9. Isso é algo que eu gostaria de saber tanto como você.

10. Falar a verdade fico até envergonhado de falar algo na frente de quem entende tanto do assunto!

Achei aqui

quinta-feira, 25 de março de 2010

Sete presentes que os homens não devem nos dar


1)Eletrodomésticos
Seja um aspirador, ferro elétrico, batedeira ou qualquer coisa do gênero, você já está de cara chamando a moça de Amélia e dizendo que ela só serve para esquentar a barriga no fogão e esfriar no tanque. Não dê nada que lembre a palavra “trabalho” a uma mulher.

2)
Qualquer apetrecho de cozinha
Do livro de receitas a jogo de panelas, essa é uma das piores categorias que você pode ofertar à sua amada. Mesmo que seja uma moderníssima cafeteira para expressos, a mensagem será: “vai fazer um cafezinho, vai amor, enquanto eu assisto o videotape de XV de Piracicaba e Bangu, direto de Limeira”.

3) Vale-compras
Os famosos vale-compras, sejam de lojas de departamento ou aquelas na internet, têm apenas um significado: eu não tenho a menor ideia de quem você é, por isso comprei essa porcaria. Quer piorar a situação? Ela vai saber o preço e você fica com fama de pão-duro.

4) GPS (ou qualquer coisa para o carro)
Sabe aquela coisa de homens são de Marte e mulheres são de Vênus? Pois é, isso existe, e a maioria das meninas não está nem aí com acessórios para carro, seja aquele som que se integra ao celular por Bluetooth ou um GPS. Aliás, o GPS, quando dado sem ser pedido, já comunica que você a considera uma perdida.

5) Cremes de beleza, em especial o antirrugas
Por mais que você tenha adquirido uma marca francesa que custa os olhos da cara, dar qualquer coisa que lembre “idade avançada” é uma tremenda roubada. Depois não reclame quando ganhar meias no seu aniversário.

6)
Curso de pole dancing ou de pompoarismo
Ela até pode ter demonstrado interesse nesse tipo de coisa, mas esse é o tipo de presente que você só dá se houver prévio acordo e nunca deve ser ofertado de surpresa. De qualquer maneira imagine o que ela irá responder quando a mãe perguntar o que você a deu.

7) Livro de 1001 posições sexuais
A gente sabe que livros desses até apimentam a relação quando vistos (e experimentados) a dois, mas presenteá-la com um vai passar uma imagem de que ou você é tarado demais ou ela é criativa de menos na cama. E se ela realmente precisa de dicas dessas, então meu amigo, está na hora de você rever seus conceitos.

quarta-feira, 24 de março de 2010

Mitos e Verdades sobre como se vestir para um casamento


É comum a dúvida na hora de se vestir para uma festa. Sempre ficamos pensando no que vestir, que cor usar… E quando a festa é um casamento aumenta o perigo de pagar o mico do ano e ficar lembrada por culpa de uma gafe que poderia ter sido evitada.

Mas como saber se está fazendo certo ou errado já que existe tantas “regrinhas” criadas sobre o traje ideal para ir a um casamento?

A Consultora de Imagens, Letícia Alamada, nos ajuda derrubando alguns mitos e confirmando o que é realmente verdade.

Bora descobrir:

1. Em casamentos você deve usar sempre vestidos longos.
Falso.
Usar longo não é regra. Vestidos na altura dos joelhos ou longuetes de tecidos nobres como seda, cetim ou tafetá são tão elegantes quanto os longos.

2. É proibido usar branco em um casamento no qual você não é a noiva.
Falso.
Apesar de não ser a cor mais recomendada para um casamento, você pode, sim,usar branco. Desde que o modelo não lembre um vestido de noiva. Exemplo: um vestido reto na altura dos joelhos com sandálias.

3.
Esqueça os vestidos longos em casamentos durante o dia.
Verdadeiro.
Em cerimônias nesse horário, aposte nos tailleurs e vestidos na altura dos joelhos. Cores claras e estampas também são ótimas pedidas. Complete o look com uma bolsa de mão e acessórios discretos – nada de muito brilho ou strass.

4. Em cerimônias em dias mais frios devo usar uma echarpe ou xale sobre o vestido.
Verdadeiro.
Xales, echarpes, pashminas, estolas e pelerines são perfeitas para os dias frios. A escolha do modelo depende do tecido do vestido. Os mais encorpados ficam bem com pashminas, pelerines de lã ou xale com franjas de seda. Vestidos mais leves ficam um charme com echarpes.

5. Vestidos longos não são permitidos para baixinhas.
Falso.
As baixinhas podem usar vestidos longos, mas com alguns cuidados. Prefira modelos acinturados com decotes em V ou em U e use saltos altos para alongar a silhueta.

6. Você não deve usar brilho durante o dia.
Falso.
Você pode usar brilho durante o dia, mas sem exageros. Exemplo: combine uma blusa com brilho com uma calça reta de tecido fosco e escolha acessórios discretos. Assim, o look não fica carregado.

7. Em festas na grama você pode abrir mão do salto agulha.
Verdadeiro.
Prefira calçados do tipo anabela ou de saltos grossos. O importante é passar longe do salto agulha, que vai afundar na terra e tirar completamente o seu conforto e equilíbrio.

8. Posso usar botas em casamentos e outras ocasiões formais.
Falso.
Botas de couro e camurça são calçados informais, portanto, proibidos em qualquer ocasião em que o convite peça traje passeio completo ou social.

9. Estampas são proibidas para as gordinhas.
Falso.
Mas é preciso ter certos cuidados. Evite as estampas miúdas ou muito grandes e escolha tecidos com fundo escuro.

10.
Quem tem quadris largos pode usar calça skinny.
Verdadeiro.
Mas, mais uma vez, com restrições. Opte por modelos de corte reto e combine-o com vestidos, túnicas ou blusas que cubram totalmente a região.

11.
As gordinhas devem usar roupas largas.
Falso.
O ideal é usar roupas do seu tamanho, nem maiores nem menores. Escolha peças de tecidos mais leves e fuja dos babados e pregas.

12.
As baixinhas não podem usar calças curtas, como a capri.
Verdadeiro.
As calças curtas achatam a silhueta das baixinhas. Mas se você ainda quiser usar, combine com sandálias livres de amarração no tornozelo.

13. Brincos compridos pedem colares grandes e cheios de berloques.
Falso.
Para um não brigar com o outro, o ideal é escolher ou o brinco ou o colar para ser destaque. Quer usar um colar comprido? Prefira brincos pequenos. E vice-versa.

14. Posso usar acessórios dourados e prateados ao mesmo tempo.
Verdadeiro.
Você pode, sem problemas, usar um anel de ouro em uma mão e um de prata na outra ou combinar correntes do mesmo estilo mas com banhos diferentes.

15. Devo sempre combinar a bolsa com o sapato e o cinto.
Falso.
Não que usar a bolsa igual ao sapato seja brega, mas é um conceito
ultrapassado. Hoje a moda permite diferentes cores e materiais entre os acessórios.

16. No inverno é correto usar sandálias com meias.
Verdadeiro.
Meias escuras, opacas e coloridas podem ser usadas com sandálias mais fechadas.
Escolha meias sem reforços nos dedos e no calcanhar.

A dica, basicamente, é: Não peque pelo excesso. Um visual sóbrio é sempre elegante.


Achei aqui.

segunda-feira, 22 de março de 2010

A dor é inevitável mas sofrer é opcional (parte 2)


Levar um pé na bunda...isso é algo inevitável, uma hora ou outra você vai fazer parte disso, seja levando ou dando o fora...
Aí vão algumas dicas pra quem interessar possa:

1 Não vai sair por ai passando o rodo, se enlouquecendo em festas, isso só fará com que a pessoa que a deixou imagine que você sempre se comportou de forma demasiada e apenas ela não sabia (ou seja: vai pensar que você nunca prestou), assim fica mais dificíl de reverter a situação.

2 Nada de ligar com a desculpa de "só liguei pra saber como você está", isso definitivamente não funciona, a pessoa jamais vai acreditar que é só isso que você queria saber (e é obvio que não era mesmo), isso pode chatear, porque você pode acabar sendo tratada de forma fria (o que só magoa mais), e gera no outro um sentimento de superioridade (é nato do ser humano não querer quem lhe quer e ignorar quem fica muito na volta).

3 Se você usa sites de relacionamentos, onde existem fotos de vocês, frases cheias de amor pra dar e afins, está mais do que na hora de excluir os detalhes que te façam lembrar da pessoa, afinal ficar revendo isso, só servirá pra ficar remoendo um sentimento que não se sabe se ainda existe.

4
Ficar em casa de lamentando, se empanturrando de bobagens não vai mudar sua vida, mas vai lhe deixar gorda e mais pra baixo ainda. Sendo essa a idéia, pelo menos convide uma amiga pra lhe fazer companhia, assim vocês podem conversar e desvituar a mente. Se trabalha e/ou estuda isso já ajuda muito, se dedique a essas atividades, por mais que a cabeça esteja cheia, se você conseguir fazer um trabalho render, vai se sentir mais confiante, satisfeita consigo mesma, levantando a auto estima.

5 Auto estima é tudo, mesmo se olhando no espelho e se sentindo um lixo, abra o guarda-roupas e escolha aquela roupa que você sabe que te veste bem, tome um banho bem demorado, use um perfume que você adora, se arrume e saia por ai e veja que tem muito mais gente olhando pra você do que você estava disponível a notar.

6
Música...ouvir música pode acalmar, mas não músicas melancólicas, mas sim músicas que te façam cantar, sentir coisas boas e se sentir mais confortável, portanto nada de músicas que lembrem o "passado".

7 Por fim pense positivo, peça forças pra Deus, ele sempre nos atende, sempre nos conforta e nenhum sofrimento é tão grande que não possa ser superado.

quinta-feira, 18 de março de 2010

Os 12 mandamentos da mulher


1. Mulher não mente - omite os fatos.
2. Mulher não fofoca - troca informações.
3. Mulher não trai - se vinga.
4. Mulher não fica bêbada - entra em estado de alegria.
5. Mulher nunca xinga - apenas é sincera.
6. Mulher não grita - testa as cordas vocais.
7. Mulher nunca chora - lava as pupilas dos olhos com freqüência.
8. Mulher nunca olha para um homem sarado com segundas intenções - apenas verifica suas formas anatômicas.
9. Mulher sempre entende o que homem diz - só pede que explique novamente para testar sua capacidade de raciocínio.
10. Mulher não sente preguiça - descansa a beleza.
11. Mulher nunca sofre por amor - e sim entra em contradições com os sentimentos.
12. Mulher nunca engana os homens - pratica o que aprendeu com eles.

quarta-feira, 17 de março de 2010

Dicas: Como encarar o namoro a distância!


Namoro a distância chega um dia na vida da gente que precisamos encarar algumas coisas de frente. A distância da pessoa amada é, sem dúvidas, um dos piores cenários que podemos imaginar para nossas vidas amorosas. Você fica cheio de dúvidas, não sabe se isso vai ou não vai funcionar, você precisa se adaptar a algumas mudanças drásticas e sempre vai rolar aquela insegurança. Afinal de contas, relacionamentos a distância valem mesmo a pena? É uma boa apostar neles? Obviamente, a única pessoa que pode responder se vale a pena ou não investir nisso é você. Porque, a principio, e isso eu posso garantir, essa não é uma das coisas mais fáceis que podemos encarar em nossas vidas. E digo isso por experiência própria, ser alguém apaixonado por uma pessoa que mora à aproximadamente 243km de distância é tenso, embora pareça perto o coração aperta às vezes.

Felizmente, hoje em dia um dos piores problemas para quem se relaciona a distância está parcialmente resolvido – a comunicação – e você pode ter contato diariamente a custo quase zero. A internet é uma mão na roda para quem esta longe fisicamente mas quer manter contato o máximo de tempo possível. MSN, Orkut, Fotolog e outros sites ajudam bastante nessas horas. A ansiedade, que muitas vezes atrapalha, pode até ajudar nessas horas. O negócio aqui é organizar umas dicas para que você se dê bem, então vamos a algumas delas:

Não deixe o ciúme atrapalhar. Nunca!

Tudo o que você e seu parceiro menos precisam nessas horas é motivos para brigar. Por mais que pareça estranho, não existe realmente a necessidade de você querer controlar todos os passos do parceiro, e de vez em quando você vai ter que ser flexível o bastante para entender uma ida ao barzinho com os amigos. A primeira coisa que deve haver num relacionamento a distância é a confiança, e deixar seu parceiro ir passar chateado ou com raiva de você pode ser um estopim perigoso. Evite brigas bobas e ciúmes excessivos, confie mais no parceiro e sua relação vai ser preservada.

Aproveite a distância para conversar. Sobre TUDO!


Como basicamente o que sobra pra vocês é o contato virtual, aproveite para conversar sobre tudo com seu parceiro. Bolem algum tipo de brincadeira onde um faz uma pergunta sobre qualquer coisa e o outro responde de forma sincera, trocando após a resposta. Se o relacionamento é sério e nenhum dos dois tem nada a esconder, esse tempo de conversa “obrigatório” servirá para mais que apenas falar qualquer coisa e ficar com mais saudade ainda. Ocupar a mente descobrindo novidades é um dos melhores remédios para a distância.

Medo da traição. E agora?!

Igual eu disse, a maior base do relacionamento a distância é a confiança. A traição pode acontecer (NÃO DEVE) tanto para quem mora junto quanto para quem mora distante, não há como evitar em muitos casos. Porém, a confiança é a chave, e se ambos estão mesmo juntos nessa, esse é um medo que você pode excluir da sua mente. Sempre é mais difícil confiar as cegas, mas pense comigo: alguém sustentaria uma relação a distância se não gostasse de verdade da pessoa? Eu acredito que não.

Aprenda a lidar com o momento da despedida

Definitivamente, o pior momento na vida de dois namorados é a hora da despedida. Saber que pode demorar um pouco para poder reencontrar é um teste cardíaco dos grandes. Porém, é um mal necessário, já que a vida segue e você precisa voltar as suas atividades normais. Não torne a despedida um ato ruim, tente encarar melhor isso. Por mais difícil que seja, na próxima vez que vocês dois se reencontrarem todo aquele amor e saudades acumulados farão com que vocês dois curtam ao máximo cada segundo juntos. Lembre que, por maior que seja a distância, para o amor não existem fronteiras. O tempo vai se encarregar de juntar vocês dois assim que possível, é sempre importante lembrar isso.

O amor supera tudo!

É nisso que você tem que focar. Todo relacionamento tem momentos de adversidade e o importante é lembrar do que os une. O amor entre vocês é maior que a distância que os separa, certamente, e contra isso não tem argumento nenhum que possa desabonar o relacionamento.

Post dedicado aos meus amigos Raquel e Fernando que são meu maior exemplo de relacionamento à distância.

VINTE DICAS DE COMO AFASTAR UM FUTURO NAMORADO LOGO NO PRIMEIRO JANTAR


1) Fale palavrões durante a conversa,
2) Ria alto,
3) Fale alto e sem parar, e não ouça o que ele fala,
4) Beba demais,
5) Coma demais,
6) Fume demais,
7) Peça as comidas e as bebidas mais caras,
8) Boceje enquanto ele fala,
9) Consulte o relógio a todo momento,
10)Diga que irá fazer um xixizinho ou um cocozinho no banheiro,
11)Cumprimente os taxistas, os cobradores de ônibus, motoristas e/ou os garçons, beijando-os e abraçando-os,
12)Pouse a mão na coxa do seu pretendente,
13)Vá pra cama com ele logo no primeiro encontro,
14)Não páre de falar do seu ex,
15)Diga-lhe que odeia o seu pai (o seu, não o dele),
16)Diga-lhe que odeia trabalhar e/ou estudar,
17)Flerte (em qualquer das formas) na frente dele,
18)Se algum(a) conhecido(a) seu resolver se sentar na mesa de vocês, dê mais atenção a ele(a) do que ao seu pretendente, e dê a entender que você não tem a menor pressa de que o(a) intruso(a) saia dali,
19)Se ele for baixinho, fale que adora homens altos, se ele for alto, diga-lhe que gosta de homens de estatura normal,
20)Se ele for introvertido, assegure-lhe que idolatra os extrovertidos, se ele for mais expansivo, dê a entender que prefere os caladões,

terça-feira, 16 de março de 2010

Escritora ensina a adestrar o marido


Está difícil convencer seu marido a não deixar a toalha em cima da cama ou a lavar aquela pilha de louças? A solução pode estar no adestramento, afirma a escritora americana Amy Sutherland, autora do livro O que a baleia Shamu me ensinou sobre vida, amor e casamento.

Cansada das atitudes do próprio marido, ela resolveu adotar alguns truques usados para adestrar cachorros, golfinhos e baleias. E o resultado, garante Amy, foi sensacional. Em dois meses, seu marido ficou mais amoroso e menos briguento.

Confira abaixo algumas dicas do livro de Amy e faça o teste em casa:

::: Pare de reclamar e gritar: Mulheres adoram reclamar, reclamar e reclamar mais um pouco. O truque, acredita Amy, é parar gritar e adotar o adestramento positivo, a base de carinho e compreensão. A maioria dos treinadores de animais não reclama nem critica, apenas finge que não viu o comportamento ruim. Para eles, as reclamações geram falta de comunicação e agressões.

::: Identifique a "raça" do seu parceiro: Entender como seu amor funciona é o primeiro passo do adestramento. Tentar entender o que ele gosta e o que o irrita é fundamental, diz Amy. Se ele precisa se exercitar diariamente, não atrapalhe sua rotina. Se o computador parece deixá-lo em transe, entenda. São coisas que você nunca vai conseguir mudar.

::: Ignore o comportamento ruim:
Pare de reclamar da toalha em cima da cama, dos sapatos jogados pela casa ou da pilha de louça que fica na pia. Os homens, assim como os cachorros, são motivados pelos elogios. Que tal tentar ignorar o que seu parceiro faz de ruim e passar a elogiar o que ele faz de bom? Outra sugestão de Amy é não ajudá-lo a todo momento. Deixe que ele encontre as chaves ou passe aquela camisa.

::: Elogie, elogie e elogie: Não adianta apenas ignorar o comportamento ruim. Faça elogios - muitos, se possível - principalmente quando ele para de fazer algo irritante. Os elogios desarmam os homens, deixando-os mais receptivos e abertos a conversas sobre relacionamentos.

::: Ofereça brindes: Cachorros adoram petiscos, homens adoram recompensas. Simples assim. É sempre bom fazer trocas inteligentes. Você quer passar horas no shopping com seu marido? Combine de levá-lo para almoçar em seu restaurante favorito. Se ele está atolado de trabalho, que tal comprar umas guloseimas?

::: Tenha paciência: Um animal só aprende após muita repetição. Um filhote de cachorro, por exemplo, demora 10 semanas de prática diária para assimilar um novo comando. Demora mais ainda para aprender se as mensagens forem confusas ou contraditórias. O mesmo acontece com o homem. Simplifique os pedidos, fale de maneira clara e repita a mensagem sempre que precisar.


AGÊNCIA O GLOBO

segunda-feira, 15 de março de 2010

Para mulheres...imagem do dia


Não é uma fofura esse cachorrinho?...hehe

sexta-feira, 12 de março de 2010

quinta-feira, 11 de março de 2010

Dicas de cavalheirismo que agradam a maioria das mulheres


1. Ao andar na calçada com ela, você fica para o lado da rua: esta tradição vem dos tempos antigos onde as mocinhas, ao caminhar pelo lado interno da calçada, eram protegidas pelas sacadas e balcões das casas e, assim, não corriam o risco de serem atingidas por vasos ou qualquer coisa atirada pela janela. Hoje o cavalheiro, ao andar pelo lado de fora, a está protegendo do tráfego e eventualmente de poças de água atingidas pelas rodas de carros.

Eu sempre fiz isso… Mas sempre foi para evitar que os motoristas fiquem buzinando para mulher. ^^

2. Na escada rolante, existe ordem dos fatores: ainda no sentido de proteção, ao entrar em uma escada rolante que sobe o homem deve dar a passagem à dama, mas quando for o sentido inverso, ou seja, a escada desce, é o cavalheiro que vai na frente. E por que isso? Se a mocinha se desequilibrar, o rapaz estará lá para segurá-la. Sinta-se um herói por isso.

3. Ela se senta antes: é sempre muito elegante puxar a cadeira para uma moça se sentar. Mostra que você a quer confortável e à vontade. Em restaurantes, porém, onde o maitre ou o garçom fazem essa distinção, você deve aguardar para que ela sente primeiro, sem dar muito na cara.

4. Abra a porta do carro: aqui é um ritual interessante que faz um sucesso tremendo no primeiro encontro, mas não deve ser esquecido nos seguintes. Espere a daminha fora do carro. Quando ela chegar, abra a porta do seu carro, deixe que ela se acomode confortavelmente. Feche a porta, contorne o carro POR TRÁS, e só então entre. De Fusca a Ferrari, a regra é a mesma.

5. Segure a porta para ela: em qualquer pesquisa que você ler, 90% das mulheres acham que um homem que segura a porta para ela passar é o máximo. E você não deve praticar isso só com quem conhece e não só com mulheres. Demonstrar respeito e educação pelos outros não arranca pedaço.

6. Ofereça seu casaco: em tempos de aquecimento global (onde a temperatura muda a todo instante) e de moda com os ombros para fora, essa regra é mais atual do que nunca. A mocinha, no sentido de ficar sensual para você, poderá usar uma peça de vestuário mais aberta e, se o tempo mudar, seguramente vai passar frio. Se você notar que sua companhia feminina está desconfortável com o clima, imediatamente ofereça seu casaco a ela. Mesmo que ela recuse, repita a oferta se notar que a temperatura está caindo. Lembre-se: você é um homem, logo você pode sentir frio. Ela não.

7. Ofereça seu lugar: mais uma regra que deve ser aplicada para qualquer mulher, conhecida ou não, e também para idosos e portadores de deficiência (digo tudo isso, porque mesmo nos locais onde existem assentos reservados a esse público, muita gente não respeita). No caso das mulheres, uma atitude dessas mostra que você está colocando o bem-estar dela acima do seu e sabe o que isso significa na cabeça feminina, não é?

8. Faça o pedido no restaurante:
hoje as mocinhas trabalham, têm seu dinheiro e são mais independentes. Dividir a conta no restaurante é atitude comum e não ofende ninguém (menos no primeiro encontro, rapaz. Lembre-se que você quer impressionar). Acontece que, apesar de tudo isso, ainda é de bom tom o homem fazer o pedido do casal, uma vez que denota um interesse em deixá-la mais confortável e mais à vontade, não tendo que se preocupar com esses chatos detalhes operacionais da refeição.

9. Se estiver chovendo, você segura o guarda-chuva:
aqui acontece aquela oportunidade maravilhosa de andar agarrado um ao outro, mas o objetivo é mantê-la seca. Sendo assim, se o guarda-chuva for pequeno demais para os dois, você, macho da espécie, deve se molhar mais. Com certeza, você passará aquela imagem de que se preocupa com os outros, especialmente pelo conforto dela.

10. Acenda o cigarro dela: mesmo em uma época de cruzadas antitabagista, ainda vale a pena resgatar uma tradição dos filmes dos anos 40 e rapidamente pegar seu isqueiro quando a ver colocando um cigarro na boca. Se não é cavalheirismo, pelo menos é charmoso pacas.

Achei aqui http://www.insoonia.com/atitudes-que-fazem-de-voce-um-perfeito-cavalheiro/